Equipe de boxe dos EUA não terá profissionais nas Olimpíadas do RJ

boxe2-1024x683

Apesar da polêmica decisão tomada pela Aiba (Associação Internacional de Boxe Amador), onde boxeadores profissionais poderão disputar as Olimpíadas do Rio de Janeiro, nem todas os países se aproveitarão dessa decisão. Os Estados Unidos não enviarão profissionais para os Jogos.

“A Federação Americana de Boxe reconhece os esforços da Aiba para a evolução do boxe internacional, além de admitirmos que a entrada de boxeadores profissionais é uma evolução inevitável”, disse a nota oficial. “Porém, os procedimentos para a seleção olímpica, nas quais nossos atletas amadores têm se fixado nos últimos dois anos, nos impedem de fazer mudanças de última hora”, completou.

A equipe americana atualmente se prepara para o próximo torneio classificatório, em Baku, no Azerbaijão, entre os dias 14 e 1 de junho. Caso a classificação não seja obtida, outro classificatório, desta vez na Venezuela, em julho, poderá servir para a conquista de vagas.

“O Boxe dos EUA também não enviará boxeadores profissionais para o classificatório final, na Venezuela. Para sermos justos com nossos atletas, que já vêm alimentando o sonho olímpico, decidimos não votar pela mudança nas regras de elegibilidade“, finalizou.