Sem chances no Corinthians, Gabriel Vasconcelos está magoado com o clube

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Tido como uma das grandes promessas do Corinthians, o atacante Gabriel Vasconcelos, artilheiro da Copa São Paulo de 2015, treina separadamente do restante do elenco profissional ao lado do volante Cristian e do zagueiro Rafael Castro.

Aos 21 anos, ele não pode mais jogar pelas categorias de base do clube e não faz parte dos planos do técnico Fábio Carille. Sua opção no momento é esperar até conseguir outra equipe para jogar.

“Meu sonho, lógico, é jogar no Corinthians. Por tudo que vi na base, a torcida fanática, deve ser algo sensacional. Mas eu preciso ser realista, não tem como querer jogar aqui sendo que nem estou treinando com o grupo. Mais viável para mim é ser emprestado para algum clube e mostrar meu valor. Quero um clube bacana com projeto bom para me destacar e o Corinthians ver que posso ser muito útil”, contou o atleta, a ESPN.

Vasconcelos utiliza a academia do CT Joaquim Grava para fazer treinos físicos, musculação e esteira. O jovem não esconde a tristeza.

“Não tenho muito que fazer além de manter essa rotina que é chata, mas é a vida de jogador. Pelos meus números e conquistas na base do Corinthians eu não entendo sinceramente porque não tive oportunidades”, questionou.

“Pelo menos poderia ter ficar no banco ou jogado por cinco ou 15 minutos. Mas eu respeito a opinião de quem quis que fosse assim e sigo meu trabalho. Preciso trabalhar porque às vezes não serve aqui, mas serve lá. Futebol é assim”, desabafou o atleta.