Adamastor recebe exposições fotográficas “Um olhar sobre o Haiti” e “Vidas Refugiadas”

Foto: Sidnei Barros/PMG
Foto: Sidnei Barros/PMG

Foi aberta nesta quinta-feira (6), no Centro Educacional Adamastor, a exposição “Um olhar sobre o Haiti”, com imagens captadas em Porto Príncipe pelas lentes do fotógrafo documentarista Alexandre de Paulo. A curadoria é de Luciana Cavalcanti, mestra em Culturas e Identidades Brasileiras pela Universidade de São Paulo.

A exposição, aberta ao público até o fim de julho, é composta por 30 imagens registradas entre novembro e dezembro de 2014, que retratam o cotidiano de cinco bairros da capital do país. Essa foi a segunda viagem do fotógrafo ao Haiti; a primeira ocorreu em 2005.

Em sua palestra, Alexandre de Paulo abordou aspectos sociais, étnicos e religiosos do povo haitiano. “Apesar da pobreza extrema e dos contrastes, o povo haitiano é acolhedor, solidário e surpreendentemente simpático. É fantástico descobrir que, além das imagens captadas pelas lentes, existem emocionantes e ricas histórias de amor ao próximo. É impossível ir ao Haiti e não retornar com novos e mais nobres valores de vida”, afirmou.

“Vidas Refugiadas”

Prossegue até o dia 30 a mostra “Vidas Refugiadas”, iniciativa da Secretaria de Assuntos Difusos e da Subsecretaria da Igualdade Racial. A exposição revela as necessidades, os dilemas e as conquistas de sete mulheres retratadas, permitindo ao público refletir sobre a integração das refugiadas ao cotidiano no Brasil. O acervo contém 22 imagens do fotógrafo Victor Moriyama.

  

Serviço:

“Vidas refugiadas”, de Victor Moriyama

Exposição até 30 de julho (domingo)

“Um olhar sobre o Haiti”, de Alexandre de Paulo

Até o dia 31 (segunda-feira).

Horário: das 09h às 22h, inclusive nos fins de semana. O estacionamento tem 135 vagas.

Adamastor – Av. Monteiro Lobato, 734 – Macedo

Entrada franca.

Prefeitura de Guarulhos